Alameda Grajaú, 98 Alphaville - Barueri | (11) 4191-8251

Celulite

É preciso conhecer as causas da celulite para melhor preveni-la

A celulite é uma alteração causada pelo acúmulo de gordura, água e toxinas nas células, fazendo com que essas células fiquem cheias e endurecidas, deixando o local com desníveis (ondulações e retrações) e nódulos, que se manifesta externamente através dos furinhos indesejados na e/ou em “casca de laranja”. É causada por alterações no tecido gorduroso sob a pele, em conjunto com alterações na microcirculação e consequente aumento do tecido fibroso.

Quanto a classificação, avalia se as principais características clínicas da celulite, sendo elas:

Número e profundidade de depressões
Aspecto das áreas elevadas da celulite
Presença de lesões elevadas
Presença de flacidez
Graus da antiga classificação.
Cada um dos itens acima recebe uma pontuação de zero a três, e a soma total dos pontos vai mostrar se a celulite é:

Leve (1 a 5 pontos)
Moderada (6 a 10 pontos)
Grave (11 a 15 pontos).
Além disso, de acordo com a nota de cada característica já é possível determinar como deve ser o tratamento mais eficaz. A utilização dessa nova escala define com maior precisão os graus de celulite, levando em consideração os detalhes clínicos mais relevantes para cada paciente.

Causas
Existem vários fatores para uma pessoa desenvolver celulite. O excesso de peso é um fator determinante, mas muitas mulheres que tem o peso normal, ou mesmo abaixo do normal, podem apresentar uma alteração no equilíbrio entre a quantidade de gordura do corpo e a massa muscular. Então, uma mulher magra pode ter uma proporção maior de gordura e menor de musculatura, mantendo normal ou baixo o seu peso final. Este excesso de gordura, associado à ação dos hormônios femininos e alterações na microcirculação e nos e linfáticos acabará formando celulite. Existe também fatores externos como cigarro, estresse, ma alimentação, poluição e falta de exercícios físicos.

Fatores de risco
A ocorrência da celulite é bem mais comum entre as mulheres do que entre os homens. Oito em cada 10 mulheres têm algum grau de celulite. Isso ocorre porque é mais comum nesse sexo a gordura se acumular nas coxas, quadris e nádegas – áreas comuns para a celulite. Também é mais frequente nas mulheres devido à estrutura das fibras do tecido conjuntivo feminino, que é diferente da do homem, o que propicia o aparecimento da celulite.

Outros fatores que influenciam a quantidade de celulite que você tem e como é visível incluem:

Má alimentação
Dieta rica em gordura
Metabolismo lento
Sedentarismo
Alterações hormonais
Desidratação
Gordura corporal total
Espessura e cor da sua pele, sendo que a celulite tende a ser menos visível na pele mais escura.

Sintomas de Celulite:
A celulite não é uma condição médica grave, mas pode causar desconforto nas mulheres por causa da aparência que confere à pele. A pele com celulite parece ter covinhas ou depressões. Às vezes é descrita como a casca de uma laranja. Em alguns casos, a celulite pode ser vista apenas quando a pele é comprimida. Para as celulites mais graves a pele parece acidentada, com áreas de picos e vales.

A celulite é mais comum em torno das coxas e nádegas, mas podem ser encontrada nos seios, abdômen inferior e braços.

Os casos mais iniciais são assintomáticos, mas os mais adiantados podem incluir:

Região mais fria
Endurecimento, dor e sensibilidade
Pele com aspecto irregular.

O diagnóstico de celulite envolve apenas um exame físico. Ao chegar para sua consulta, o médico ou médica dermatologista irá diagnosticar e classificar sua celulite somente analisando a situação da pele afetada.

Tratamentos:

Endermologia
A endermologia é um tratamento não invasivo que usa um aparelho motorizado composto por um sistema de sucção e dois rolos. Os movimentos do aparelho estimulam a circulação e promove a drenagem linfática, o que diminui a celulite. Recomendado nos graus moderados e graves. Visualmente, a pele fica com menos irregularidades e com aparência renovada. Como todos os tratamentos, essa técnica deve ter manutenção.

Radiofrequência
Este é um dos tratamentos eficazes contra a celulite. Ele estimula a produção de colágeno, o que diminui as traves fibrosas que retraem o tecido e deixam a pele cheia de furinhos. O aparelho utiliza uma radiação eletromagnética de alta frequência que faz com que as moléculas de água se agitem, aumentando a temperatura. O procedimento não é invasivo e não traz qualquer prejuízo à pele. Além disso, é um dos mais duradouros, por reestruturar o tecido de maneira mais intensa. É indicado para todos os graus de celulite, principalmente nos casos em que há flacidez associada. Na Dermalux se utiliza Radiofrequência dos equipamentos: Maximus Med, Exilis Elite, Criofrequencia, Freeze, VelashapeII e III e Tripolar.

Mesoterapia

A mesoterapia é uma técnica que utiliza um coquetel de medicamentos para diminuir a gordura no local tratado, de acordo com a dermatologista. O princípio básico da técnica é a aplicação de uma pequena quantidade dessas substâncias na área a ser tratada. Ao se espalhar pelo organismo, o coquetel estará diluído, o que reduz o risco de efeitos colaterais. É fundamental associar o tratamento a um treino regular, à alta ingestão de líquidos e a uma alimentação equilibrada.

Ultrassom com lipolíticos

O efeito mecânico e/ou térmico do ultrassom estético lipolítico tem sido bastante usado no combate à celulite e à gordura localizada. A promessa do tratamento é realizar modificações nas ligações intercelulares e aumentar a permeabilidade da membrana celular. Ele tem uma potência maior do que o ultrassom convencional e, geralmente, é acompanhado de um gel que auxilia a movimentação do aparelho e facilita a penetração da onda sônica.

Criolipólise

Desenvolvida por pesquisadores da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, a criolipólise usa baixas temperaturas para acabar com a gordura localizada. O aparelho é colocado na superfície da pele, fazendo as células de gordura serem congeladas a temperaturas negativas para serem destruídas. Em contato com a baixa temperatura, as células de gordura – chamadas de adipócitos – se rompem totalmente. Em consequência, o corpo entende que elas não fazem mais parte do organismo e as expele naturalmente. O tratamento vem fazendo tanto sucesso que está chamado de “a nova lipoaspiração”, com a diferença de que diferentemente desse método, a criolipólise não é um procedimento cirúrgico. Essa técnica é mais indicada para gordura localizada.

Lipocavitação

A lipocavitação é um tratamento estético que utiliza o ultrassom para reduzir a gordura localizada em qualquer área do corpo que tenha acúmulo de gordura. Sendo assim atua em áreas de celulite por quebrar as células de gordura.
O ultrassom é emitido por uma máquina e repassado à área de tratamento através de um cabeçote, a extremidade deste aparelho. A energia ultrassônica emitida penetra até a gordura subcutânea, gerando pequenas bolhas dentro das células de gordura. Essas bolhas aumentam progressivamente em número e causam agitação no interior da célula e levam ao seu rompimento.

Ondas acústicas – Acoustic wave therapy (AWT)

Essa tecnologia já está muito bem estudada em outras áreas da medicina como Urologia (litotripsia ou quebra de pedras) e ortopedia (esporão de calcâneo). A força das ondas de pressão destrói as fibras da celulite de graus I a III, e facilita a drenagem linfática local e estimula os músculos. Essa técnica tem o diferencial de atuar até as camadas mais profundas. Excelente na associação com outros equipamentos para tratar fibrose e celulite profunda.

Velashape II e III
Equipamento moderno que atua em varias causas da celulite, com mecanismo de Radiofrequência, Infravermelho e Drenagem ao mesmo tempo. Tem em seus aplicadores todas essas tecnologias e promove praticidade no tratamento da celulite.

Prevenção
É preciso conhecer as causas da celulite para melhor preveni-la. Mas de maneira geral, é fundamental manter uma dieta equilibrada, rica em fibras e pobre em gorduras saturadas animais, açúcares e sal em excesso. Jamais fumar. Ingerir bastante líquido e evitar refrigerantes com açúcares também ajudam a prevenir celulites.

Já a prática regular de atividade física regular é importante para melhorar a circulação sanguínea e tonificar a pele. Neste caso, exercícios aeróbicos e localizados intercalados são interessantes.

Vamos marcar uma avaliação?

Chegou a hora de você começar o seu tratamento, nosso objetivo é o seu resultado.
Marque uma avaliação, você irá se surpreender com os resultados.

Clique Aqui